Home | IMAGENS DALUZ versão original | Automobilismo 2010 | Automobilismo/motor racing | Kart | Automobilismo Antigo | Motovelocidade | Eventos e Esportes | Turismo Brasil | Turismo Mundial | Contacto | Livro de Visita/Guestbook | Links | Wallpaper | Portfolio

MARIA FUMAÇA, olha o trem

Campinas a Jaguariúna, Estado de São Paulo.  A Maria Fumaça sobrevive e faz o percurso em cerca de 2 horas. Leva-nos aqueles tempos antigos, quando os trens tinham importância.
Que tomemos consciência da preservação do sistema ferroviário e que Deus proteja as Marias Fumaças do Brasil.
 
mais fotos na Página ( 2 )
fotografia de/photos by Rogério P.D.Luz
 
veja mais abaixo, texto Trem da Vida, para um momento de reflexão

Música
TREM DA VIDA
por Ana Carla
veja abaixo um texto de mesmo nome, as letras da canção e quem é a cantora
ouça a canção de reprodução automática, veja as fotos, podendo clicar para aumentá-las sem desligar a música

trem.mf.05.jpg
trem.mf.05

trem.mf.08.jpg
trem.mf.08

trem.mf.01.jpg
trem.mf.01

trem.mf.02.jpg
trem.mf.02

trem.mf.06.jpg
trem.mf.06

trem.mf.03.jpg
trem.mf.03

trem.mf.04.jpg
trem.mf.04

o maquinista falava de preservação da Maria Fumaça
trem.mf.07.jpg
trem.mf.07

trem.mf.09.jpg
trem.mf.09

trem.mf.10.jpg
trem.mf.10

trem.mf.11.jpg
trem.mf.11

trem.mf.12.jpg
trem.mf.12

trem.mf.13.jpg
trem.mf.13

trem.mf.14.jpg
trem.mf.14

trem.mf.15.jpg
trem.mf.15

trem.mf.16.jpg
trem.mf.16

A ESTAÇÃO DA PARTIDA
trem.mf.44.jpg
trem.mf.44

trem.mf.39.jpg
trem.mf.39

continua na Página ( 2 )

 
 
... retratos de improviso

Simone
simone.02.jpg
... com um misto de brasileiro/chinês, ela aguardava o trem

Simone
simone.01.jpg
um retrato de improviso, enquanto o trem não partia ...

para refletir
 
TREM DA VIDA
(autor desconhecido)

Há algum tempo atrás, li um livro que comparava a vida
a uma viagem de trem. Uma leitura extremamente
interessante, quando bem interpretada.

Isso mesmo, a vida não passa de uma viagem de trem,
cheia de embarques e desembarques, alguns acidentes,
surpresas agradáveis em alguns embarques e grandes
tristezas em outros.

Quando nascemos, entramos nesse trem e nos deparamos
com algumas pessoas que julgamos, estarão sempre nessa
viagem conosco : nossos pais. Infelizmente, isso não é
verdade; em alguma estação eles descerão e nos
deixarão órfãos de seu carinho, amizade e companhia
insubstituível... mas isso não impede que, durante a
viagem, pessoas interessantes e que virão a ser super
especiais para nós, embarquem.

Chegam nossos irmãos, amigos e amores maravilhosos.

Muitas pessoas tomam esse trem apenas a passeio.
Outros encontrarão nessa viagem somente tristezas.
Ainda outros circularão pelo trem, prontos a ajudar a
quem precisa. Muitos descem e deixam saudades eternas,
outros tantos passam por ele de uma forma que, quando
desocupam seu acento, ninguém nem sequer percebe.

Curioso é constatar que alguns passageiros que nos são
tão caros, acomodam-se em vagões diferentes dos
nossos; portanto, somos obrigados a fazer esse trajeto
separados deles, o que não impede, é claro, que
durante o trajeto, atravessemos com grande dificuldade
nosso vagão e cheguemos até eles... só que,
infelizmente, jamais poderemos sentar ao seu lado,
pois já terá alguém ocupando aquele lugar.

Não importa, é assim a viagem, cheia de atropelos,
sonhos, fantasias, esperas, despedidas... porém,
jamais, retornos. Façamos essa viagem, então, da
melhor maneira possível, tentando nos relacionar bem
com todos os passageiros, procurando, em cada um
deles, o que tiverem de melhor, lembrando, sempre,
que, em algum momento do trajeto, eles poderão
fraquejar e, provavelmente, precisaremos entender
porque nós também fraquejaremos muitas vezes e, com
certeza, haverá alguém que nos entenderá.

O grande mistério, afinal, é que jamais saberemos em
qual parada desceremos, muito menos nossos
companheiros, nem mesmo aquele que está sentado ao
nosso lado.

Eu fico pensando se quando descer desse trem sentirei
saudades ... acredito que sim. Me separar de alguns
amigos que fiz nele será, no mínimo dolorido. Deixar
meus filhos continuarem a viagem sozinhos, com certeza
será muito triste, mas me agarro na esperança que, em
algum momento, estarei na estação principal e terei a
grande emoção de vê-los chegar com uma bagagem que não
tinham quando embarcaram... e o que vai me deixar
feliz, será pensar que eu colaborei para que ela tenha
crescido e se tornado valiosa.

Amigos, façamos com que a nossa estada, nesse trem,
seja tranqüila, que tenha valido a pena e que, quando
chegar a hora de desembarcarmos, o nosso lugar vazio
traga saudades e boas recordações para aqueles que
prosseguirem a viagem.

 ANA CARLA

Trem da Vida

    Melodia e letra: Ana Carla
     Harmonizada por Victor Teixeira


VEM DE LÁ
DA MINHA TERRA
VEM DE LÁ
O TREM DA VIDA

TÁ VINDO DE CÁ
TÁ VINDO DE ACOLÁ

ESSE TREM QUE MORA DISTANTE
VEM DA TERRA
TÁ VINDO LÁ
TÁ VINDO JÁ

VEM DE LÁ
DE MUITO LONGE
VEM DE LÁ
O TREM DA VIDA

ESSE TREM QUE LEVA O DESTINO
VEM DA TERRA
TÁ VINDO LÁ
TÁ VINDO JÁ
O TREM DA VIDA
 

Pode ser feito o download grátis da canção no site
clicar em MPB do lado esquerdo e procure por Ana Carla

QUEM É?

Ana Carla Dos Anjos Dias nasceu no dia 27 de fevereiro de 1976, em Niterói.
Desde pequena ouvia música e cantava com seu pai.
Chegou a ganhar dois pianos e uma harpa infantil, onde aprendeu a tocar "Asa Branca" de Luis Gonzaga.
No colégio fez teatro amador e se inscreveu num concurso de poesias. Neste, acabou ganhando medalha de melhor intérprete e a sua poesia ficou em segundo lugar.
O tempo passou e ela resolveu estudar teatro, pois havia decidido que seria atriz. Cursou Cal e em 1994 se formou.
Estreou na peça "Esta Noite Se Improvisa" de Luigi Pirandello, com direção de Amir Haddad.
Ana atuou e deu os primeiros passos como cantora.
Um ano depois, ingressou na Escola de Música Villa Lobos, onde permaneceu um ano e meio. Paralelo a isto estudava acompanhamento vocal com o Maestro Santiago Guerra.
Cantou em banda de rock, em bares e fez direção cênica, até que veio a certeza e a necessidade de fazer algo sólido, com identidade.
Ana, então, mergulhou fundo em seus escritos. Estudou um tempo Comunicação Social na Facha e devorou de tudo para crescer culturalmente a fim de compor as suas canções.
Entre seus autores prediletos estão: Clarice Lispector, Augusto Dos Anjos, Carlos Drummond de Andrade, Tenesse Willians, Hilda Hilst,...
Seu fascínio pela música brasileira não surgiu da noite para o dia, foi ativado com o passar dos anos.

_ "Para musicar as minhas letras levei muito tempo. Precisei ouvir muito para sentir os meus pés pelo menos um pouco no chão... Me aceitar, aceitar o que estava nascendo melodicamente foi muito difícil... Eu achava que não iria gostar das minhas melodias, que não seria capaz de fazer algo que gostasse. Até que Trem da Vida trouxe para mim um caminho, um destino que estou seguindo até hoje. A partir desta música pude perceber que preciso, necessito da música para viver, ela é o trem da minha vida".

Tem desenvolvido trabalhos para teatro onde atuou como atriz e cantora, tv globo em maio de 2001 e para a área de música (direção cênica para bandas, participações especiais em shows de música popular – trabalho solo e com banda).

Atualmente está lançando seu primeiro CD. Álbum que leva seu nome e traz dez canções de sua autoria. Do samba ao folk, da balada à toada nos mostra, sem pretensão, a que veio.

(extraído do site acima no espaço da cantora e compositora)

siga para a Página ( 2 )

Construção e manutenção própria do site
Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução e cópia das fotos sem autorização expressa
(salvo crédito atribuído - respeite o direito autoral - pirataria é crime)
Sede do site - São Paulo, Brasil
INÍCIO - 03/Fevereiro/2007

Contador por bandeira do País do visitante desde 14/Abril/2009.
Counter by country flag visitor since April/14/2009

free counters